segunda-feira, 21 de junho de 2021

COVID 19 - Testes recomendados em contexto laboral, casamentos, batizados e eventos culturais e desportivos

A Direção-Geral da Saúde atualizou no passado dia 15 de junho, a Norma referente à Estratégia Nacional de Testes para SARS-CoV-2, reforçando a realização de rastreios laboratoriais como medida de controlo da transmissão comunitária.

Esta norma recomenda a realização de rastreios laboratoriais em eventos familiares, designadamente casamentos e batizados, bem como quaisquer outras celebrações similares, com reunião de pessoas fora do agregado familiar, aos profissionais e participantes sempre que o número de participantes seja superior a 10

Em eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.

pormenor do Parque de feiras e Exposições de Barrancos, donde também
se realizam casamentos e batizados.
(Foto: Arquivo eB, 26-04-2015)

domingo, 20 de junho de 2021

Amanhã às 4h32 começa o verão

O Solstício de Verão ocorre amanha, dia 21 de junho de 2021, às 04h32, marcando o início da estação no hemisfério norte (a mais quente apesar da Terra vir a estar o mais longe do sol a 5 de Julho). O sol neste dia de solstício estará o mais alto possível no céu e aquando da sua passagem meridiana atingirá a altura máxima de 75° em Lisboa.
O Verão prolonga-se por 93,66 dias até ao próximo Equinócio, a 22 de Setembro de 2021.
Amanhã, segunda-feira, será o dia mais longo do ano, começando a diminuir logo no dia seguinte.

Câmara de Barrancos reúne amanhã para aprovar "relatório e contas de 2020"

Fonte: CMB

sexta-feira, 18 de junho de 2021

17ª Festival Terras Sem Sombra - programa de Barrancos (19 e 20 de junho)


 

COVID 19 - Altera as medidas aplicáveis a determinados municípios no âmbito da situação de calamidade

O governo, pela Resolução do Conselho de Ministros nº 76-A/2021, altera e reforça as medidas aplicáveis a determinados municípios, a partir das 00h00 de 18 de junho, salvo a limitação de circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa, que produz efeitos entre as 15h00 desta sexta-feira, 18, e as 6h00 de segunda-feira,  21 de junho de 2021.



Convocatória para o Dia da Defesa Nacional - Quintos(as) 2021*

Em 2021, estão convocados a comparecer ao Dia da Defesa Nacional, os 25 jovens abaixo identificados:

DDN - 3 de setembro 2021, em Beja

ver aqui mais informação

* estavam convocados para o DDN a 21/05/2020, suspensa por motivos da Covid19

quinta-feira, 17 de junho de 2021

Concerto em Barrancos: Quarteto de Metais Alentejano, amanhã, quinta-feira,18 de Junho, às 11h00

O Quinteto de Metais Alentejano, um ensemble de referência na sua área artística, apresenta-se esta sexta-feira, 18 de Junho, às 11h, no Cineteatro de Barrancos. O concerto “Cantigas de Animais”, de entrada livre, tem um cariz didáctico e destina-se a todas as idades. Contamos consigo!


Sabores do Porco Preto (Barrancos) abre talho em Évora

A Sabores do Porco Preto (marca da empresa Produtos do Porco Preto de Barrancos), vai abrir brevemente em Évora (na Rua de Aviz, 133-135), um talho especializado em carne de Porco Preto de altíssima qualidade e frescura.

A empresa PPP Barrancos, com sede em Barrancos, onde tem uma loja/talho, na Praça do Município, dedica-se à comercialização de carnes de qualidade e enchidos tradicionais alentejanos.


quarta-feira, 16 de junho de 2021

"Conservação do Lince-ibérico - A Fronteira como área de expansão natural da espécie "

Pode assististir ao webinar do projeto Proiberlinx, amanhã, 17 de junho, pelas 10h, no seguinte link: http://bit.ly/Webinar_projeto_pro-Iberlinx

17.ª edição do Festival Terras sem Sombra - "arranca" este fim-de-semana em Barrancos (19 e 20 de junho)

Após a interrupção da programação de 2020 - devido à situação pandémica -, o Festival Terras Sem Sombra (FTSS) regressa ao convívio com os seus públicos, começando este fim-de-semana, 19 e 20 de junho, em Barrancos.

O programa do fim-de-semana inaugural do Festival, tem como destaque a atuação dos Les Abbagliati no Cineteatro de Barrancos, sábado, dia 19, às 21h30. (ver abaixo o programa; aguardando-se o cartaz)

Em formato de quarteto, o agrupamento apresenta-se com a cantora Soetkin Elbers (soprano), Sien Huybrechts (flauta), Rona Kernoa (violoncelo e viola da gamba) e Dimos de Beun (cravo), artistas-chave no panorama da música europeia da atualidade. Les Abbagliati apresentam um programa intitulado “As Harmonias do Amor: Paixão e Superação na Música Barroca”, que integra peças dos compositores Händel, Bononcini, Scarlatti, d’Astorga e Vivaldi. O nome do agrupamento – em português, Os Deslumbrados –, traduz bem o deslumbramento por um património artístico do Barroco, um período que marcou indelevelmente a História da Música

A par do momento musical, o fim-de-semana integra ainda as ações de Património e de Salvaguarda da Biodiversidade. Na tarde de sábado, dia 19, às 15h00, realiza-se uma visita guiada pela vila de Barrancos, intitulada “Entre o Alentejo e a Andaluzia”, sendo guias Lídia Segão, arqueóloga do museu municipal e José António Falcão, historiador de arte. A peculiar história da localidade (Barrancos) será pretexto para um olhar e reflexão acerca das particularidades do urbanismo e da arquitetura (tradicional e erudita), numa zona raiana profundamente marcada pelo encontro das tradições construtivas do Alentejo e da Andaluzia, a que Barrancos imprimiu um cunho próprio. 

No que respeita à atividade de património natural, o convite é para a observação da geodiversidade do Vale da Ribeira de Múrtega, sob a orientação do geólogo João Matos, do Laboratório Nacional de Geologia e Energia. Esta ação, decorre domingo, dia 20, às 9h30, com concentração no jardim do Miradouro.

O programa do Festival Terras sem Sombra em Barrancos oferece uma oportunidade rara para se assistir a um concerto de música barroca por um ensemble que tem atuado em diversos festivais internacionais, assim como propõe atividades que visam a sensibilização para a salvaguarda do património histórico e cultural de uma das regiões raianas mais singulares de Portugal.

(programação  19 e 20 de junho de 2021- Barrancos)


O calendário para 2021 do Festival Terras sem Sombra prosseguirá a 26 e 27 de Junho, em Alter do Chão, com a presença do agrupamento La Ritirata, num concerto subordinado ao tema “Il Spiritillo Brando: Música de Corte na Península Ibérica e no Vice-Reino de Nápoles (Séculos XVI-XVII)”. Os concelhos de Arraiolos (3 e 4 de Julho), Santiago do Cacém (17 e 18 de Julho), Castelo de Vide (31 de Julho e 1 de Agosto), Beja (7 e 8 de Agosto), Sines (21 e 22 de Agosto), Ferreira do Alentejo (4 e 5 de Setembro), Viana do Alentejo (12 e 13 de Setembro) e Vila Nova de Mil Fontes (18 e 19 de Setembro) seguem-se na programação da presente temporada do Festival.

A exemplo das anteriores temporadas, a programação inclui, para além da Música, atividades de Património e Salvaguarda da Biodiversidade.

O Festival Terras sem Sombra é uma temporada cultural que, em itinerância por diversos concelhos do Alentejo, propõe um programa que abarca a música erudita, o património e a salvaguarda da biodiversidade. Todas as atividades acontecem aos fins de semana e são de entrada livre e gratuita.

Promovido pela associação Pedra Angular – entidade cultural e científica, sem fins lucrativos, fundada em 1996 –, o Festival é uma iniciativa da sociedade civil que visa dar a conhecer a um público alargado um território, o Alentejo, que sobressai pelos valores ambientais, culturais e paisagísticos e apresenta um dos melhores índices de preservação da Europa. A sensibilização das comunidades locais para a valorização e a salvaguarda dos recursos culturais e naturais é uma prioridade do Festival. 

O Festival Terras sem Sombra é um projeto co-financiado pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER.

terça-feira, 15 de junho de 2021

As DOP's de Barrancos

GIview é uma base de dados EUIPO para pesquisar todas as indicações geográficas protegidas a nível da União Europeia. A Glview contém também informação detalhada sobre Indicações Geográficas não comunitárias, protegidas na UE através de acordos bilaterais e multilaterais, e sobre as IG comunitárias protegidas em países terceiros.

Na GIview os produtores podem carregar os seus dados de contacto e informações sobre os seus produtos, o que ajuda as autoridades antifraude a entrar em contacto com eles em caso de suspeita de violação dos DPI.
No caso de Barrancos, consta na GIview a DOP Presunto/Paleta de Barrancos, com as referências legais desde a sua criação/proteção, em 21/06/1996.


segunda-feira, 14 de junho de 2021

COVID 19 - respeitando a sinalética (horizontal)

(Foto: eB, 09-06-2021)

ERPI de Barrancos - passam hoje 10 anos nas novas instalações!

Passam hoje 10 anos que ocorreu a abertura  das novas instalações do Lar Nossa Senhora da Conceição de Barrancos (LNSCB).

As obras, iniciadas em abril de 2009 ficaram concluídas em fevereiro de 2011. As novas instalações foram visitadas pela população nos dias 10 e 11  de junho (sábado e domingo) e os utentes que se encontravam no antigo edifício começaram a mudança depois do pequeno-almoço, do dia 14 de junho de 2011. O almoço desse dia já foi servido no refeitório das novas instalações. O antigo edifício, sito na Rua 1º de dezembro, foi encerrado definitivamente nessa data, e assim continua, 10 anos depois. A Creche, integrada no edifício, que constitui uma nova valência da associação, só entrou em funcionamento no início do  ano letivo 2011/2012.

construção destas instalações, "candidatadas ao programa PARES II, só foi possível com o apoio do Município de Barrancos, que suportou os custos do estudo prévio e do projeto de execução, cedeu o lote de terreno e assumiu o compromisso de financiar a parte não elegível." As obras tiveram um custo aproximado de dois milhões e duzentos mil euros (sem incluir o IVA), dos quais só um milhão e vinte mil euros foram comparticipados pelo PARES.

O edifício que alberga a ERPI (equipamento residencial para idosos) e a Creche, será o único equipamento social, concluído e em funcionamento, sem que tivesse sido "formalmente inaugurado",... em Barrancos!
vista do alçado posteiro e lateral
(Fotos: eB, 10-02-2020)
vista entrada principal e posterior (parcial)
(Fotos: 09-06-2021)

domingo, 13 de junho de 2021

REMAL - aberta candidatura para inscrição/atualização até 30 de junho


O Programa Municipal de Apoio ao Movimento Associativo Local, abreviadamente PAMAL, tem como finalidade:
- A criação do registo municipal de associações locais (REMAL);
- A criação de um instrumento municipal de apoio financeiro destinado à modernização, ao apetrechamento e ao desenvolvimento de atividades das associações locais.
O REMAL, criado no âmbito do PAMAL, tem como objetivo:
- Identificar as associações que desenvolvem atividades de interesse público, na área do município de Barrancos;
- Comprovar a natureza e os fins da associação;
- Dotar o município de instrumentos e mecanismos que permitam, de forma objetiva e transparente, estabelecer critérios que visem uma maior capacidade de aferição da gestão e de funcionamento das associações locais, bem como a elaboração da Carta Social, nos termos a regulamentar;
- Facultar o acesso às formas de apoio e cooperação previstas neste regulamento.

O registo das associações locais no REMAL não é obrigatório, salvo para aquelas que pretendam beneficiar de subsídios/apoios municipais.

Jornadas do Património - entre Noudar e Barrancos

Fonte: MMAEB,


sexta-feira, 11 de junho de 2021

quinta-feira, 10 de junho de 2021

Covid 19 - Uso obrigatório de máscara prolongado até, pelo menos, 12 de setembro

O parlamento aprovou esta quarta-feira, dia 9 de junho, o projeto-lei do PS que renova por mais 90 dias a obrigatoriedade de usar máscaras em espaços públicos, medida que vigora em Portugal desde 28 de outubro de 2020.

Uma vez que se prorroga a vigência do diploma, sem alterações, mantém-se a possibilidade de serem aplicadas coimas entre os 100 e os 500 euros para os incumpridores.

O uso da máscara tornou-se obrigatória pela Lei nº 27-A/2020de 27/10, tendo sido renovada a sua imposição pela Lei nº 75-D/2020, de 31/12, pela Lei n.º 13-A/2021, de 5/4, e agora pela Lei nº 36-A/2021, de 14/6.



COVID 19 - terceira prorrogação da declaração de calamidade, até 27 de junho de 2021

Pela Resolução do Conselho de Ministros nº 74-A/2021foi prolongada "até às 23h59 do dia 27 de junho de 2021, a situação de calamidade em todo o território nacional continental", que teve início no passado dia 1 de maio.

Tomando por base os dados relativos à incidência por concelho à data de 8 de junho, e tendo em conta os critérios definidos para alguns territórios, não avançam para a nova fase de desconfinamento (fase 1) os concelhos de Lisboa, Odemira, Braga e Vale de Cambra, aos quais se aplicam as medidas de 1 de maio.

Dando continuidade à estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, entram em vigor às 00:00h do próximo dia 14 de junho as seguintes medidas, aplicáveis aos concelhos que avançam no desconfinamento (nível de incidência inferior a 120 casos por 100 mil habitantes na avaliação cumulativa a 14 dias, ou >240/100.000 no caso dos territórios de baixa densidade):

- Atividades de comércio de retalho alimentar e não alimentar funcionam de acordo com o horário do respetivo licenciamento;
- Na restauração, os horários de funcionamento são até às 00:00h para admissão e encerramento à 01:00h (6 pessoas no interior ou 10 pessoas nos espaços ou serviços de esplanadas abertas);
- Equipamentos culturais encerram à 01:00h, ficando excluído o acesso, para efeitos de entrada, a partir das 00:00h;
- Demais estabelecimentos e equipamentos abertos ao público não referidos nos pontos anteriores encerram à 01:00h;
- Os serviços públicos desconcentrados prestam o atendimento presencial sem necessidade de recurso a marcação prévia;
- As lojas de cidadão mantêm o atendimento presencial mediante marcação bem como a prestação desses serviços através dos meios digitais e dos centros de contacto com os cidadãos e as empresas;
- Eventos de natureza familiar, incluindo casamentos e batizados, com lotação limitada a 50 % do espaço em que sejam realizados;
- Prática de todas as atividades de treino e competitivas amadoras, incluindo de escalões de formação, sendo admitida a presença de público desde que com lugares marcados, distanciamento, regras de acesso e com limite de lotação correspondente a 33% da lotação total do recinto desportivo;
- Prática de todas as atividades de treino e competitivas amadoras, incluindo de escalões de formação, fora de recintos desportivos, sendo admitida a presença de público com limites de lotação e regras a definir pela DGS;
- Os transportes coletivos de passageiros devem assegurar, quando existam lugares sentados e em pé, a lotação máxima de 2/3 da sua capacidade para o transporte terrestre, fluvial e marítimo, não existindo restrições de lotação quando o transporte seja assegurado exclusivamente através de lugares sentados;
- No transporte em táxi e no transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica, os bancos dianteiros não podem ser utilizados pelos passageiros.

O teletrabalho deixa de ser obrigatório e passa a ser recomendado quando as atividades o permitam em todos os municípios do território nacional continental que passam a enquadrar-se em fase 1. Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra mantêm as mesmas regras, pelo que o teletrabalho se mantém obrigatório quando as atividades o permitam.

São, ainda, adotadas as seguintes medidas, aplicáveis a todo o território nacional continental:

Testes:
- No que respeita à realização de testes diagnóstico de SARS-CoV-2 passa a estar prevista, por determinação da autoridade de saúde, a possibilidade dos trabalhadores que, independentemente do vínculo laboral, da modalidade ou da natureza da relação jurídica, prestem atividade em locais de trabalho com 150 ou mais trabalhadores;
- Passa, igualmente, a estar sujeito à realização de testes de diagnóstico de SARS-CoV-2, de acordo com as normas e orientações da DGS, quem pretenda assistir ou participar em eventos natureza cultural, desportiva, corporativa ou familiar, designadamente casamentos e batizados, sempre que o número de participantes exceda o definido pela DGS para efeitos de testagem de participantes em eventos.

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Sociedade dos Rapazes - (re)abre amanhã com novo contínuo

A Sociedade dos Rapazes (re)abre amanhã, dia 10 de junho, às 9h00, com novo concessionário do bar/bufete (vg contínuo), Miguel Dias, cuja proposta foi aprovada na assembleia-geral do passado dia 2 de junho. 

Para celebrar a abertura, o concessionário vai oferecer as tapas/petisco de carne de porco preto, a todos os sócios/clientes.

Entretanto, segundo soube o eB, que a sociedade terá o seu encerramento semanal às quintas-feiras, salvo em caso de feriados.

Sociedade Recreativa Artística Barranquense
(Foto: eB, 01-06-2021)

Piscina de Barrancos - poderá não abrir este verão por motivo de obras

As obras no Complexo Municipal de Piscinas, que começaram há cerca de uma semana, poderão impedir a sua abertura ao público este verão.

Se não abrir este ano, será o segundo verão "sem piscinas" desde 1998, data da sua inauguração. O primeiro foi em 2020.

pormenor das obras a decorrer no Complexo Municipal de Piscinas de Barrancos
(Fotos: 07-06-2021)

terça-feira, 8 de junho de 2021

Barrancos/Encinasola - povos fronteiriços: ora tomem, logo hoje que é dia de Corte Inglês, em Encinasola! (atualizada)

"No existen ya controles en la frontera interior TERRESTRE entre Portugal y España (vigentes hasta el pasado 30 de abril). 

Sin embargo, desde el 7 de junio - ontem, segunda-feira - todas las personas de 6 años o más que crucen la frontera terrestre desde Portugal a España deberán disponer de alguna de las certificaciones sanitarias exigidas para los pasajeros que entren en España por vía aérea o marítima."

Mais, o Consulado Geral de Espanha em Portugal refere que Portugal está incluído na lista de países ou zonas de risco, com restrições à passagem da fronteira terrestre! Ora, toma, que é para que aprendamos!

O governo português diz que se trata de um erro! A norma, do ministério da saúde espanhol, publicada no passado dia 5, sábado, tem contudo três exceções: a) os camionistas; b) os trabalhadores transfronteiriços e c) os residentes a menos de 30 km da fronteira. O Sanchez, é um mão largas... deixa-nos ir ao mercadilho, sem PCR... nem vacina!

Fronteira de Barrancos/Encinasola (sentido Encinasola)
(Fotos: Arquivo eB, 01-07-2020)
Aditamento1, em 08/06/2021, 21h00
Afinal, parece que terá sido precipitação do governo espanhol. Hoje pediu desculpas, e disse que volta tudo ao mesmo. Será? Vamos aguardar a publicação da alteração da norma da DGS espanhola.
Aditamento 2, em 09/06/2021, 08h15
Foi publicada hoje no BOE, a resolução da DGS espanhola, que altera a norma citada e suprime o seu artigo 14º, que era o que obrigava a controlos sanitários na fronteira terrestre luso-espanhola.

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Tauromaquia - comunicado da Associação "Tertúlias Tauromáquicas de Portugal"

Juntos pelo Mundo Rural - o encontro/reivindicação "de quem teimosamente resiste nestes territórios"

Decorreu no passado dia 5 de junho, sábado, em Lisboa, a "Concentração - Juntos pelo Mundo Rural", que reuniu gente de todos os quadrantes e atividades, que vivem e trabalham teimosamente no interior deste País. 

São estas pessoas que resistem contra o despovoamento no nosso território, e que são frequentemente ignorados pelo Poder Central!

Esta concentração decorreu dois dias depois do governo decretar a proibição das festas e romarias populares, até final do verão, e com elas a tradicional Fêra de Barrancos.

Momentos da concentração, podendo ver mais imagens aqui
(Fotos: Cortesia de amigo, para o eB, 05-06-2021) 

sábado, 5 de junho de 2021

IVAucher - o IVA que vai e volta!

Entre os meses de junho e agosto, acumule o IVA gasto em alojamento, restauração ou cultura, e utilize-o em forma de desconto entre outubro e dezembro.

Saiba mais em  https://www.ivaucher.pt/