sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

III Gala da Tauromaquia "O Picador" - entrega dos galardões

O jornalista e comentador Maurício do Vale foi o apresentador da III Gala de Tauromaquia “O Picador”, que decorreu no passado dia 12 de janeiro, na Nazaré.
Os homenageados, entre os quais Ester Tereno (Troféu Imprensa), receberam os galardões das mãos dos seus pares e de outros ilustres aficionados presentes no evento.
Entre os galardoados, nomes importantíssimos da festa brava, uma referência especial à matadora de toiros Cristina Sánchez, que expressou orgulho em ser também ela, “portuguesa” e de viver entre nós, na sua casa em Coruche.
Na cerimónia, que encheu por completo o espaço do evento, com mais de 300 aficionados, destacaram-se, para além da matador de touros espanhola, Cristina Sanchez, a cavaleira portuguesa Ana Batista e o cavaleiro António Ribeiro Teles.
Entretanto, decorreu no passado dia 11 de janeiro, na Tertúlia Festa Brava, na Azambuja, o Colóquio "Tauromaquia - uma visão no feminino", moderado por Ester Tereno, que contou com grande assistência de público e de aficionados à Festa Brava.
Pormenores da entrega dos troféus, 12-01-2019
(Fotos: Cortesia O Picador)
pormenor do colóquio na Azambuja, 11-01-2019
(Fotos: Cotesia Tertúlia Festa Brava)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Orçamento Municipal 2019

Em cumprimento da lei, o Orçamento do Município de Barrancos, incluindo os demais documentos previsionais para 2019 - (Plano de atividades, p.ex) -, já se encontram disponíveis para consulta online.
quadro resumo do orçamento (despesa/receira) 2019
Orçamento 2019
(Fonte: CMB)

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Cascamorras

A Festa de Cascamorras é um festival que acontece nas cidades de Guadix e Baza, na província de Granada, Espanha, anualmente em 6 de setembro. As duas cidades lutam pela posse de uma estátua da Virgen de la Piedad.
Segundo a lenda, o Cascamorras começou em 1490, quando Dom Luis Herrera decidiu construir a Igreja da Misericórdia na cidade de Baza, onde havia antes um mosteiro árabe. Enquanto isso, um escultor que trabalhava em uma peça de gesso, chamado Juan Pedenal, ouviu uma voz dizer “tenha misericórdia”. Ele então esculpiu uma imagem de Maria no gessoEssa estátua ficou conhecida como “Nossa Senhora da Misericórdia” (ou da Piedad). Um milagre deveria trazer paz e união, mas em vez disso trouxe discórdia entre as cidades de Baza e Guadix, já que ambas diziam ser as “donas” da imagem.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Agrupamento de Escolas de Barrancos recruta docente de Matemática (m/f)

Mais informação aqui

Barrancos poderá ter novo Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS)

despacho nº 176-C/2018, de 4/1, apresenta a lista dos concelhos a intervencionar pelos CLDS-4G nas regiões Norte, Centro e Alentejo (onde se inclui Barrancos), que podem candidatar-se à 4.ª geração do Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS-4G).
.
As ações a desenvolver pelos CLDS-4G integram os seguintes Eixos de Intervenção:
- Eixo 1: Emprego, formação e qualificação;
- Eixo 2: Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil;
- Eixo 3: Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa;
- Eixo 4: Auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades e/ou capacitação e desenvolvimento comunitários
,
Foram instituídos valores que vão desde os 250 mil euros, para os concelhos com menos de 6 mil habitantes (caso de Barrancos), ao máximo de 1250 mil euros para os concelhos com pelo menos 200 mil habitantes.
O  despacho citado prevê também que, no caso dos territórios que revelem maiores dificuldades de mobilização para a apresentação de projetos, seja promovido o acesso ao Programa CLDS-4G "através de um procedimento por convite em vez de candidatura a um concurso nacional".
.
Centrado na promoção da Inclusão Social de grupos populacionais que revelem maiores níveis de fragilidade social num determinado território, mobilizando para o efeito a ação integrada de diferentes agentes e recursos localmente disponíveis, o Programa CLDS-4G tem como objetivos:
- Aumentar os níveis de coesão social dos concelhos objeto de intervenção dinamizando a alteração da sua situação socioterritorial;
- Concentrar a intervenção nos grupos populacionais que em cada território evidenciam fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade;
- Potenciar a congregação de esforços entre o setor público e o privado na promoção e execução dos projetos através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências;
- Fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal.
-
Recorde-se que Barrancos se encontra abrangido pela intervenção CLDS desde 2013 com o CLDS + (2013-2016) e  CLDS-3G (2016-2018).

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Lar NS Conceição de Barrancos - convocada assembleia-geral extraordinária...

... para alteração dos estatutos, para o dia 24 de janeiro.
(cf aqui os atuais estatutos do LNSCB, aprovados em 13/11/2015)

A Sociedade dos Rapazes está encerrada para obras

A Sociedade Recreativa Artística Barranquense, vulgo Sociedade dos Rapazes, está encerrada desde o passado dia 1 de janeiro, para remodelação e melhoramentos nas zonas da cozinha, casas-de-banho e atendimento (balcão), obras que deverão estar concluídas até meados de março de 2019.
Recorde-se que esta coletividade está sem contínuo desde finais de outubro de 2018, tendo funcionado, de forma condicionada, durante o passado mês de dezembro.
Sociedade dos Rapazes, em obras - Foto: eB, 08 e 09-01-2018
(Fotos: Francelino Domingues, facebook)

Tempo e temperatura em Barrancos - a madrugada/manhã mais fria deste inverno

À hora do relógio, o termómetro marcava -2ºC,  com céu limpo, vento E 3km/h, humidade relativa de 70%, e pressão atmosférica de 1025 hpa.
A madrugada e manhã, mais fria deste inverno seco. Esperamos que a chuva, que tanta falta está a fazer aos campos, regressa rapidamente. Entretanto, o frio continua, pelo menos até ao dia 18, sexta-feira!
Torre do Relógio, Barrancos - Foto: eB, 14-11-2018
Campos gelados, algures em Barrancos - Foto: eB,. 14-11-2018

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Fim de semana desportivo

Sábado, dia 12 de Janeiro às 15 horas
Campeonato Distrital da 2ª Divisão

Barrancos F.C vs Despertar S.C


Domingo, dia 13 de Janeiro às 15 horas
Campeonato Distrital de Iniciados
Barrancos F.C vs F.C Castrense

Jogos fora:
Sábado, dia 12 de Janeiro às 11:30
Campeonato Distrital de Infantis 2ª Fase - Série A
Despertar S.C (B) vs Barrancos F.C
Sábado às 15 horas, encontro de Traquinas em Vila Nova de S. Bento
Aditamento - resultados:
Infantis: Despertar "B" 2 - Barrancos 2;
Séniores: Barrancos 0 - Despertar 4;
Iniciados: Barrancos 2 - Castrense 0; 

Criada a Zona de Intervenção Florestal de Barrancos

Pela Deliberação do Conselho Diretivo do ICNF, de 17/12, foi aprovada a criação da Zona de Intervenção Florestal de Barrancos (ZIF n.º 201, processo nº 401/18-ICNF), localizada nos municípios de Barrancos, Moura e Mourão.
A gestão da ZIF de Barrancos é assegurada pela Gesfloresta - Consultoria, Lda, com sede em Coruche.
Recorde-se que se encontra ainda a decorrer o processo de constituição da ZIF Murtigão, da responsabilidade da mesma empresa de consultoria.
área da ZIF de Barrancos

O que é uma ZIF?

É uma área territorial contínua e delimitada, constituída maioritariamente por espaços florestais, submetida a um plano de gestão florestal (PGF) e administrada por uma única entidade (Entidade Gestora).
Quais os objetivos das ZIF geridas pela Forestagri?
- Promover a gestão sustentável dos espaços florestais que as integram;
- Reduzir as condições de ignição e de propagação de incêndios;
- Coordenar a recuperação dos espaços florestais e naturais quando afetados por incêndios;
- Rentabilizar economicamente os terrenos;
- Infraestruturar o território, tornando-o mais resiliente aos incêndios florestais, garantindo a sobrevivência dos investimentos e do património constituído;
- Coordenar, de forma planeada, a proteção dos espaços florestais e naturais;
- Dar coerência territorial e eficácia à ação da administração central e local e dos demais agentes com intervenção nos espaços florestais.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Festival Terras sem Sombra 2019 - estará em Barrancos a 9 de junho

O Terras sem Sombra começa a 26 de Janeiro na Vidigueira e conta com quase 50 actividades, entre concertos, conferências, visitas ao património e acções de salvaguarda da biodiversidade, em 13 localidades: Vidigueira, Serpa, Monsaraz, Valência de Alcântara, Olivença, Beja, Elvas, Cuba, Ferreira do Alentejo, Odemira, Barrancos, Santiago do Cacém e Sines.
“Afirmar o Alentejo enquanto destino privilegiado de arte e natureza” é o objectivo do festival, uma organização da Associação Pedra Angular.
O Terras Sem Sombra, festival que se espalha pelo território alentejano (e que, este ano, se estende além dele) para unir música, património e biodiversidade, inicia este mês a sua edição 2019. De Janeiro a Julho, ouvir-se-á todo um mundo de sons, do século XV ao século XXI. Descobrir-se-ão o património material (a villa romana do Monte da Chaminé; a arte popular e a arte contemporânea que convivem em Elvas) e o património imaterial (uma oficina de cante em Serpa, os segredos do pão tradicional da Vidigueira). Mergulhar-se-á na paisagem, seguindo a rota dos pastores em Beja, e observar-se-ão as constelações no cristalino céu nocturno de Barrancos, enquanto se revelam as lendas locais a elas associadas.
Segundo a Rádio Pax, o FTSS estará em Barrancos, a 8 de junho | 18H30 - Cine-Teatro Municipal: 
Convite à Viagem: Espaços, Memórias e Tempos do Canto Lírico
Foto: Rádio Pax

Colóquio "tauromaquia - uma visão no feminino" - amanhã à tarde...


Resultado do Peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro (Barrancos)

De acordo com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, no peditório nacional, que decorreu em Barrancos entre 31 de outubro e 4 de novembro de 2018, foram angariados € 636,09.
Recorda-se o histórico local do mesmo peditório: sem dados entre 2015 e 2017;  € 609,25 em 2014; € 590,00 em 2013; € 404,25 em 2012, € 332,85 em 2011, € 298,66 em 2010; € 329,99 em 2009 e € 259,92 em 2008.
Mealheiro da LPCC - Barrancos. Foto: eB, 06-11-2014

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

"Somos responsáveis pela herança que deixamos aos nossos meninos”

"Ana Maria Ramos, de 43 anos, natural do Barreiro, e Eva Garcia, de 10 anos, nascida em Beja, aluna do 4.º ano de escolaridade, mãe e filha, ambas vivendo em Barrancos, escreveram “a quatro mãos” um livro para crianças. As ilustrações são do artista barranquenho Zandre, marido e pai das autoras, falecido há pouco. A obra, Triste feijão frade descobre a alegria, editada pelas Letras Paralelas, foi apresentada em Barrancos pelo presidente da câmara, João Serranito Nunes, numa sessão que também homenageou Zandre.
Foi a Letras Paralelas, editora de Lisboa, que acreditou e apostou nesta obra. Conta Ana Maria Ramos: “Triste feijão frade descobre a alegria é um livro dirigido às crianças, ao seu mundo, às suas relações interpessoais: são, de algum modo, elas próprias. São legumes a falar num mundo fantasiado onde vivem em amizade. O Fradito triste, personagem principal da história, teve alguém que se apercebeu do porquê do seu sofrimento. Deu-lhe a mão e fê-lo descobrir o seu valor em alegria, descobrindo que também ele era importante, na terra, nos hábitos de uma alimentação que se deseja saudável”.
O livro foi um projeto a três…
Sim, é um projeto, a três, carregado por um forte simbolismo – abraça a arte de Zandre que, na altura, já não o tínhamos connosco. É uma homenagem que, com a nossa filha Eva, fazemos ao pai querido e companheiro de uma vida. Esta ideia de editar um livro surgiu muito por acaso. Ao revolver as gavetas onde guardo os desenhos do Zandre, reencontrei-os e tive um sentimento de nostalgia. Senti desde logo o apelo de que era preciso estes desenhos saírem do esquecimento. Contactei o dr. Rui Pereira, grande amigo de Zandre, para saber o que fazer. (…) Ao conhecer as ilustrações, ficou deliciado com elas. O desafio foi lançado para que eu e a Eva escrevêssemos uma história em torno daquelas imagens mágicas. Na altura pareceu-me uma proposta de loucos, pois não sou escritora, mas a ideia ficou a remoer na cabeça. A Eva e eu falámos, olhámos os desenhos e de repente começámos a encontrar-lhes um sentido. Os nomes dos personagens foram surgindo e sem querer estávamos novamente com o pai, a nossa felicidade. A história começou a fluir e acreditámos que éramos capazes. Os leitores o dirão, é claro! (…) O município barranquenho está empenhado em honrar a memória deste filho de Barrancos, referência no mundo das artes. Este é o primeiro passo no caminho de um outro sonho que é, a curto prazo, vir a nascer a casa das artes em Barrancos com o nome do mestre Zandre. Uma casa que dê a conhecer e preserve a obra do autor e seja ao mesmo tempo um espaço vivo e dinâmico, onde acontecimentos culturais pelas artes sejam uma realidade.
De que fala, no essencial, o livro?
A amizade, o respeito pelo outro são aqui cultivados. É talvez um pouco utópico, sem o ser. Acredito num Mundo solidário, melhor. Semear um pouco o amor, reparti-lo pelas crianças e adultos. Uma mensagem que, nós, como pais e mães, devemos transmitir aos nossos filhos. Somos responsáveis pela herança que deixamos aos nossos meninos."
Texto Carlos Lopes Pereira
(in Diário do Alentejo, nº 1915, de 03-01-2019)
(D.A, edição nº 1915)

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Barrancarnes recruta pessoal - técnico de qualidade (m/f)


Agrupamento de Escolas de Barrancos recruta docente de Francês (m/f)

(mais informação aqui)

Voltamos ao mesmo ciclo climático - frio, geadas e seca?

Não queria ser pessimista, mas ontem à tarde durante a caminhada pelas Quarelas confirmei o que suspeitava: estamos novamente em ciclo de seca meteorológica. Há cerca de um mês que não chove, e o frio e as geadas dos últimos dias agravaram a situação. Queimaram a pouca pastagem que restava. Estamos ligeiramente melhor que há um ano, mas continuamos em situação de seca meteorológica. Por enquanto ainda seca fraca, mas já em situação de "seca", sem que haja previsão de chuva, pelo menos para os próximos 10 a 15 dias.
Entretanto, as árvores estão confusas: enquanto no jardim do Miradouro ainda há árvores de folha caduca, quase toda viçosa, pelas Quarelas já há azinheiras em flor, e ainda com boletas nos ramos.
a Vila de Barrancos,vista da estrada das Bicas/EN 285, na zona das Quarelas,
onde se pode observar que o verde está a ficar amarelo/seco
pastagem secas e/ou queimadas da geada
(Fotos: eB, 07-01-2019)

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

"A Pirogravura de mestre José Gavino - técnicas e originais"...

...uma publicação da Editorial Nascimento, à venda nas principais livrarias, e no Posto de Turismo de Barrancos.
A pirogravura é a arte de decorar madeira ou outros materiais com marcas de queimadura resultantes da aplicação controlada de um objeto aquecido.
capa
contracapa
pormenor de uma das páginas centrais
Natália Moreira, textos
José Gavino, mestre pirogravura
Fotos: eB, 10-12-2018)

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Fim de semana desportivo

                                                     Barrancos Futebol Clube
Fim de semana desportivo:

Sábado, dia 5 de Janeiro às 10:30
Campeonato Distrital de Infantis 2ª Fase - Série A
Barrancos F.C vs C.D Beja (B)

Domingo, dia 6 de Janeiro às 11:30
Campeonato Distrital de Iniciados
Barrancos F.C vs S.C. Odemirense

Jogo fora:
Sábado, dia 5 de Janeiro às 15 horas
Campeonato Distrital da 2ª Divisão
São Domingos F.C vs Barrancos F.C

Relatório do estado do ambiente e do ordenamento do território (REAOT) de Barrancos - em discussão pública até 24/01/2019

Por força do aviso (extrato), publicado no DR, 2ª série, de 04/12/2018, o início do período de 30 dias úteis,
 começa a contar, em 12/12/2018 e termina a 24/01/2019: