segunda-feira, 30 de março de 2020

COVID19 - Comunicado da Associação Humanitária dos BVB

Segundo o comunicado desta data, da AH-BVB, qualquer interessado pode colaborar com a instituição mediante donativo destinado à aquisição de material e equipamento de proteçao individual para os BVB.
Para os efeito foram disponibilizada duas contas bancárias, cujo IBAN abaixo de indicam:
- PT50 0035 0138 0000 0941 4315 2 da CGA;
- PT50 0007 0260 0001 7140 0019 1 do Novo Banco.

COVID19 - Bolsa de Voluntariado do Baixo Alentejo

A Cruz Vermelha Portuguesa, o Centro Distrital de Beja da Segurança Social e CIMBAL apoiam a criação de um Banco de Voluntariado do Baixo Alentejo, com o objetivo, caso seja necessário, de prestar apoio às estruturas de apoio social aos idosos.
Os interessados podem inscreve-se aqui.

Ofícios e Microempresas Artesanais

Designa-se por atividade artesanal a atividade económica, de reconhecido valor cultural e social, que assenta na produção, restauro ou reparação de bens de valor artístico ou utilitário, de raiz tradicional ou contemporânea, e na prestação de serviços de igual natureza, bem como na produção e confeção tradicionais de bens alimentares.
Para saber mais e conhecer o enquadramento e os benefícios concedidos a estas atividades, sugere-se a consulta ao sitio eletrónico da DGADR
Artesão - Foto: daqui

sábado, 28 de março de 2020

Esta noite muda a hora - entramos na "hora de verão"

Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira à 1 hora da madrugada, de domingo, os relógios portugueses adiantarão para as 2 horas.
Na Região Autónoma dos Açores, a mudança horária ocorre à meia-noite (hora local, mais uma no continente) e adianta para a 1 hora.
Relógios - Arquivo, eB

II Trail da Tomina - era amanhã, mas foi cancelado



sexta-feira, 27 de março de 2020

Solidariedade - Intermarché de Beja está a disponibilizar pão gratuito para ajudar quem mais precisa

O Intermarché de Beja está a disponibilizar nas suas lojas pão gratuito para os clientes mais carenciados. Com esta iniciativa, o ponto de venda pretende ajudar os clientes a fazer face às suas necessidades, colmatando simultaneamente o desperdício alimentar.
Diariamente, a loja disponibiliza, numa área específica, o pão do dia anterior, explicando que este é “oferecido com todo o amor e carinho”, uma medida direcionada para aqueles que mais precisam.
Foto: Intermarché

CMB iniciou procedimento de alteração do "regulamento do municipal de uso de fogo""

(ver aqui o projeto de regulamento)

quinta-feira, 26 de março de 2020

Espanha prolonga controlos fronteiras internas terrestres, até 11 de abril

Se prorrogan los controles restablecidos temporalmente en las fronterasinteriores terrestres desde las 00h00 del 27 de marzo de 2020 hasta las 24h00 del 11 de abril de 2020.
Sólo se permitirá la entrada en el territorio nacional por vía terrestre a las siguientes personas:
a) Ciudadanos españoles. 
b) Residentes en España. 
c) Residentes en otros Estados miembros o Estados asociados Schengen que se dirijan a su lugar de residencia.
d) Trabajadores transfronterizos.
e) Profesionales sanitarios o del cuidado de mayores que se dirijan a ejercer su actividad laboral. 
f) Aquellas que acrediten documentalmente causas de fuerza mayor o situación de necesidad.

Huidos de la muerte - uma reportagem que vale a pena ler, para não esquecer!

(...)

La columna de los ocho mil, el traslados de mil refugiados desde Portugal al puerto de Tarragona a bordo del Neyssa o la huida de miles de vecinos hasta Gibraltar fueron las otras 'desbandás' desconocidas de la guerra civil española.

(...)
Aquellos refugiados llegaron el 21 de septiembre de 1936 y tardarían menos de un mes en abandonar Barrancos. "El 8 de octubre camiones militares condujeron a 1025 vecinos a Lisboa, donde tomaron un barco, el Nyassa, rumbo a Tarragona, bajo control de la República" como una orden directa e impropia del gobierno de Salazar.
(...)
Francisca Agudo, la "tía Xica" de Barrancos (Portugal) recordaría a aquellos miles de vecinos con lo que tejieron lazos de solidaridad que no olvidaron de por vida. Sus padres eran pastores en Coitadinha, una de las localidades donde se recuerda la existencia de aquellos campos de refugiados. "Las mujeres, los niños llegaban pidiendo caridad. No podían regresar a aquel infierno".

quarta-feira, 25 de março de 2020

Pretende a União Europeia criar um "salário mínimo comum"?

O objetivo principal, dizem os especialista, será para garantir um rendimento digno a todos os trabalhadores. Mas, será o mesmo ganhar 2000 euros no Luxemburgo, 260 euros na Bulgária ou os 630 euros do salário mínimo em Portugal?
A reportagem do La Vanguardia, do passado dia 28 de janeiro, esclarece um pouco sobre este tema que está a despertar "paixões" e e "ódios" entre os europeus, de diferentes posicionamentos ideológicos, claro!



.

segunda-feira, 23 de março de 2020

COVID 19 - Freguesia de Barrancos vai aplicar desinfetante viricida em vários locais da vila

Os trabalhos começam amanhã dia 24, terça-feira, a partir das 6h30. O produto a aplicar não constitui perigo para a saúde pública, mas deverão ser tomadas precauções para não tomar contacto com o mesmo, sobretudo as crianças.
A aplicação do produto é mais uma razão para ficar em casa. Fique-em-casa.

COVID 19 - Cancelado o almoço-convívio de aniversário do NACB

Foi cancelado o almoço-convívio do 35º aniversário do Núcleo dos Amigos do Concelho de Barrancos, que estava marcado para 30 de maio, na Casa do Alentejo, Lisboa.

domingo, 22 de março de 2020

COVID 19 vs gripe espanhola ou 2020 vs 1919/1920

100 anos depois estamos muito evoluídos, desenvolvidos, mas tanta semelhança! E pior, não se aprendeu nada. Nada!
Madrid/Espanha, 22-03-2020, recinto de feira (IFEMA) preparado para receber doentes COVID19.
O mesmo sucede em Itália
(Fonte: El País, 22-03-2020)
Kansas/EUA, 1918, hospital de emergência para doentes da gripe espanhola.
(Fonte: El País, 21-03-2020)

Fogo em viatura leva Bombeiros de Barrancos a Encinasola (Espanha)

Os bombeiros voluntários de Barrancos foram chamadas esta manha, por volta das 8h10, para apagar uma viatura que se encontrava a arder na zona da Ermida de Flores, a cerca de 2 km de Encinasola 
Participaram na ocorrência, três operacionais com uma viatura.
viatura ardida em Encinasola
(Fotos: Cortesia João Agulhas, 22-03-2020)

Bicas e Fontanários de Barrancos - bica de Val'das Santas

Bica de Vale das Santas, na estrada da Pipa. Só corre no Inverno
(ver mais aqui)
(Fotos: eB, 10-02-2020)

sábado, 21 de março de 2020

COVID 19 - Loja dos correios de Barrancos com horário reduzido

Informamos a todos os nossos clientes que, a partir do próximo dia 23/03/2020 (segunda feira), 
o Posto de Correios de Barrancos terá um novo horário de funcionamento.

Parque Natureza de Noudar celebra hoje o 14º aniversário

O PNN faz hoje 14 anos. Foi criado oficialmente a 21 de março de 2006 (data da inauguração).
O Parque de Natureza de Noudar "localiza-se na Herdade da Coitadinha, Barrancos, por ‘detrás-dos-montes’ entre o serpenteado do rio Ardila e da ribeira de Múrtega, encaixado entre cumes e colinas na proximidade da vila de Barrancos (Alentejo, Portugal). O caminho desde a entrada do Parque até ao castelo de Noudar, atravessa uma extensa área de montado de azinho que termina com vista majestosa para a confluência das duas linhas de água."
(Para saber um pouco mais sobre os antecedentes da compra da herdade e do castelo de Noudar, ver aqui a história)
planta do PNN
planta do castelo de Noudar
(Fonte: PNN)

sexta-feira, 20 de março de 2020

COVID 19 - Execução das medidas do estado de emergência

Foi publicado o Decreto nº 2-A/2020, de 20/3, que regulamenta a aplicação do estado de emergência decretado pelo Presidente da República pelo Decreto do Presidente da República n.º 14-A/2020, de 18/3 (retificado pela Dec Retificação nº 11-D/2020, da mesma data), determinando, entre outras, as seguintes situações:
- Confinamento obrigatório
- Dever especial de proteção
- Dever geral de recolhimento domiciliário
- Encerramento das instalações e estabelecimentos referidos no anexo I ao presente decreto e que dele faz parte integrante.
- Suspensão de atividades no âmbito do comércio a retalho
- Suspensão de atividades no âmbito da prestação de serviços
- Efeitos sobre contratos de arrendamento e outras formas de exploração de imóveis
- Comércio eletrónico e serviços à distância ou através de plataforma eletrónica
- Autorizações ou suspensões em casos especiais
- Regras de segurança e higiene
- Atendimento prioritário
- Serviços públicos
- Serviços essenciais
- Eventos de cariz religioso e culto
- Proteção Individual
- Garantia de saúde pública
O presente decreto entra em vigor às 00h00 do dia 22 de março de 2020

COVIDE 19 - Manual do isolamento e distanciamento


COVID 19 - Posto de combustível de Barrancos altera horário

Fonte: Mário Ruivo

COVID 19 - Barrancos suspende pagamento de água até 8 de maio e entrega sacos de lixo ao domicilio (quarta-feira)

Fonte: CMB

COVID 19 - Lar de Barrancos suspendeu visitas e centro de dia

Comunicados nºs 3 e 4/2020
(Fonte: LNSC)

Começou hoje a primavera 2020

Em 2020 o Equinócio da Primavera ocorreu hoje, dia 20 de março, às 03h50 horas. Este instante marca o início da Primavera no Hemisfério Norte. Esta estação prolonga-se por 92,789 dias até ao próximo Solstício que ocorre no dia 20 de junho às 22h44. Os instantes estão referenciados à hora legal de Portugal continental e Região Autónoma da Madeira.
Na Região Autónoma dos Açores o Equinócio da Primavera ocorre no dia 20 de março às 02h50.
Mesmo como o "que nos está caindo", podemos e devemos saber que começou a primavera. Estação associada ao rejuvenescimento da flora terrestre, pode ser que este ano ajude também  à preservação da fauna (espécie humana, ameaçada).
Foto: eB, 15-02-2014

Ruas e Lugares de Barrancos - Rua de Sº Bento (2020 e 1992)

(Foto: eB, 11-02-2020)
Rua de Sº Bento, sentido poente/nascente
Foto: Livro "Encontros com Barrancos", 1992
(Foto: eB, 11-02-2020)


Rua de Sº Bento, sentido nascente/poente
Foto: Livro "Encontros com Barrancos", 1992

quinta-feira, 19 de março de 2020

COVID 19 - Medidas execionais e temporárias de resposta à situação de emergência sanitária

Foi publicada a  Lei nº 1-A/2020, de 19/3, que procedeu à:
a) Ratificação dos efeitos do Decreto-Lei n.º 10-A/2020, de 13/3;
b) Aprovação de medidas excecionais e temporárias de resposta à situação epidemiológica provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, agente causador da doença COVID-19.

COVID 19 - Encerrada a Sociedade dos Rapazes (Barrancos)

COVID 19 - Encerrado o snack-bar "O Central" de Barrancos


COVID 19 - Câmara de Barrancos encerra serviços de atendimento presencial

Fonte: CMB

Hoje é dia de Sº José (Dia do Pai)

Não parece, com a que nos está caindo, mas hoje é o Dia do Pai - dia de Sº José -, quando correm as bogas!
(daqui)

quarta-feira, 18 de março de 2020

COVID 19 - Declarado o estado de emergência

Declarado o estado de emergência, em todo o território nacional, com fundamento na verificação de uma situação de calamidade pública.
O estado de emergência tem a duração de 15 dias, iniciando-se às 0h00 horas do dia 19 de março de 2020 e cessando às 23h59 horas do dia 2 de abril de 2020, sem prejuízo de eventuais renovações, nos termos da lei.
Entretanto, aguardam-se as portarias que regulamentam e desenvolvem as medidas previstas no artigo 4º do decreto, condicionando:
- o direito de deslocação;
- Propriedade e iniciativa económica privada;
- Direitos dos trabalhadores
- Circulação internacional
- Direito de reunião e de manifestação
- Liberdade de culto, na sua dimensão coletiva
- Direito de resistência

COVID 19 - recomendações sobre cerimonias fúnebres

Fonte: CMB

COVID 19 - Alertados, preocupados, mas não contribuamos para histerismos

Por estes dias as redes sociais serão o espelho de uma comunidade?
O medo do COVID19, que é uma ameaça real, baralhou a mente de muito boa gente, que reclamam "fechem a fronteira", ou pedem aos familiares para não vir, “à santa terrinha contaminar-nos!" Não era bem assim o pedido, mas o propósito era o mesmo ou mais doloroso!

Entretanto o alarme está instalado. Os rumores transformam-se em “noticias”, falsas é claro, que vamos partilhando, sem o confirmar. Nestes dias, todos temos um amigo médico ou enfermeiro, ou ainda residente em Itália, e até na China, que nos aconselha! E muitos, acreditando, acrescentam mais um bago de pimenta e … pumba, partilham! Perante estas notícias recebidas nas redes sociais e wasapps, o melhor a fazer, antes de clicar e partilhar, é contar até 20…!

O mesmo sucede ao rumor de “há um suspeito em Barrancos”, e logo muitos perguntam, “quem é, quem é” ou “onde trabalha”, ou “por onde andou”!! Não há nenhuma confirmação da existência de suspeitos de COVID19 ou de infetado na comunidade barranquenha! E se houver, ou quando houver, porque não estamos numa redoma, não vale a pena alaridos, nem histerismos. O doente com sintomas, antes ou depois de confirmado, será medicamente assistido, e não fuzilado de imediato, como parece desejo de alguns.

Apesar de Barrancos, neste momento, estar sem médico ou com médico a tempo parcial, os protocolos locais sobre a pandemia COVID19 estão em vigor. A CMB possui um Plano de Contingência, desde a semana passada, complementado com um Plano Municipal de Emergência e Proteção Civil, que será imediatamente ativado em caso de confirmação de doente.

Em Barrancos, estão a trabalhar para a prevenção, contenção e proteção da população, a CMB, que nos representa, através dos seus agentes da proteção civil, com o apoio de outros serviços municipais, em articulação permanente com os bombeiros de Barrancos, o centro de saúde (apesar dos constrangimentos) e as autoridades policiais. 

Esperemos que este momento que estamos a viver seja um sonho, leve, não um pesadelo, e que, quando acordemos, amanhã, ou depois, continuemos a conversar com a família, os amigos ou os vizinhos, da mesma forma como ontem. Sem desconfiança. Esperemos.

Fronteira fechada e/ou não venhas à terra: Onde fica a solidariedade dos barranquenhos?

Por estes dias as redes sociais serão o espelho de uma comunidade? O medo do COVID19, que é uma ameaça real, baralhou até a mente de alguns dos nossos vizinhos que hoje reclamam "fechem a fronteira, já", ou pedem aos familiares e amigos que, "se vens de vez em quando, não venhas  agora à santa terrinha contaminar-nos!" Não era bem assim o pedido, mas o propósito era o mesmo ou mais doloroso!
.
Neste momento, os barranquenhos com segunda habitação em Barrancos estão "impedidos de entrar na vila", como se estivessem "contaminados" e a sua presença fosse "destruir a harmonia da terrinha", que deve ter estado enclausurada, donde provavelmente nenhum dos seus residentes tenha contactado com outro ser humano nestes últimos 10/12 dias! O TT (prova de todo o terreno), que juntou mais de 200 pessoas no parque exposições não conta, tal como a "feria de Olivença" que também teve aficionados locais, ou ainda os passeios aos plazas da região (Évora ou Badajoz, por ex.)! Tudo na semana passada. E tudo situações normais. À data.
.
Com a fronteira bloqueada, vários conterrâneos, trabalhadores transfronteiriços, ficaram impedidos de se deslocar ao trabalho a partir de ontem. Esta situação, que a decisão de encerramento salvaguarda para nove locais, deverá ser preocupação das entidades locais, tentando sem hesitação reclamar o mesmo tratamento para os membros da nossa comunidade, sem pôr em causa o "controlo de pessoas nas fronteiras no âmbito da situação epidemiológica provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 e da doença COVID-19" (cf. Resolução Conselho de Ministros nº 10-B/2020,  Orden INT/239/2020, de 16/3 e Orden INT/248/2020, de 18/3)
.
27 anos depois da abertura da fronteira, que ocorreu às 23h00, de 9 de janeiro de 1993, que tanto ansiámos e pela que gerações lutaram, "exigimos e conseguimos" fechar ontem à tarde a fronteira Barrancos/Encinasola/Barrancos com blocos de cimento bloqueando a estrada, colocados pela CMB, a pedido das autoridades policiais!
.
É verdade que estamos numa fase crítica de proteção das comunidades duma pandemia, cujas consequências não se conhecem, e que está a atingir cada vez mais gente. Mas, também, não podemos esquecer que, desde tempos imemoriais, as comunidades da raia sempre se contactaram e entre-ajudaram. A nossa fronteira, que sempre foi muito peculiar, com aberturas sazonais e temporárias, entrou neste momento num processo de retrocesso devido ao estado de emergência sanitária, que esperamos seja breve.
.
Com todo este alarmismo, justificado com a preocupação e o desconhecimento sobre a pandemia, uma questão se coloca: Onde fica a solidariedade dos barranquenhos, descendentes daqueles que protegeram e acolheram os refugiados da guerra civil espanhola, que tanto nos tem enchido de orgulho nestes últimos anos?
ponte do barranco de Pedro Miguel - linha de fronteira Barrancos/Encinasola
Foto: Cortesia João Agulhas, 17-03-2020
estrada Barrancos/Encinasola
barrancos de Pedro Miguel - linha de fronteira Barrancos/Encinasola
(Fotos:  eB, 16-10-2018)