sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Banda de Barrancos no arranque do programa do São Mateus (Elvas)

A receção às bandas, que animaram também o centro histórico, decorreu esta manhã na entrada dos Paços do Concelho de Elvas, com a participação da Banda Filarmónica Fim de Século de Barrancos; da Sociedade Filarmónica União Calipolense, de Vila Viçosa; e da Banda 14 de Janeiro, de Elvas, que saudaram todos os presentes e interpretaram temas do seu repertório musical.
Banda de Barrancos esta tarde em Elvas
(Fotos: Cortesia de Jesus C Romero)

Fim-de-semana desportivo...

amanhã, sábado, dia 21, às 17h00
Resultado
BFC 0 - GD Messejanense 1

Comissão de Festas NS Conceição de Barrancos 2020 - apresentou primeiro balancete

balancete completo
balancete nº 1/2020 (parcial)

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Alterações ao Código do Trabalho - saiba o que muda...

Clicar AQUI para saber

Barrancos com projeto piloto de recolha de lixo "porta-a-porta" (conceito payt)

ResiAlentejo, em parceria com os Municípios, no início de 2020 vai arrancar com seis experiências piloto de recolha porta a porta de resíduos associado ao conceito PAYT, abrangendo os municípios de Barrancos, Beja, Mértola, Moura, Ourique e Serpa.
Segundo a empresa, "este projeto pretende criar um sistema socialmente mais justo, em que a faturação associada à produção de resíduos em cada lar deixa de estar associado ao consumo de água, e passa a estar associada à produção efetiva de resíduos indiferenciados."
Nos sistemas de recolha atuais todos os utilizadores pagam o mesmo, independentemente se efetuam a separação dos materiais recicláveis e da quantidade de resíduos que produzem. A base dos sistemas PAYT é que o utilizador paga o que produzir e, desta forma, quanto menos produzir, menos paga. Para isso deve adquirir os sacos de plástico em local a indicar pela entidade gestora.
No caso dos sacos com tara perdida, os utilizadores adquirem previamente os sacos às autarquias, que já incorporam o valor da tarifa por saco adquirido. É um método muito aplicado pela Europa porque é de fácil implementação, mas não me parece que o venha ser na região, Barrancos incluído. A alteração do sistema e o preço dos sacos ainda não divulgado, poderão condicionar o modelo e levar à proliferação de novas lixeiras, um pouco por todo o território.
Brevemente será lançado o sitio da internet deste projeto, onde poderão ser obtidas mais informações sobre o mesmo. Contudo, será também necessário uma grande campanha de sensibilização e esclarecimento junto da população local, para evitar que a medida, socialmente justa, seja um fracasso.
Exemplo de um sistema PAYT através do saco perdido
 (The Island free press, 2009).

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Lar NSC de Barrancos (IPSS) - procura enfermeiro/a

Para mais informação, contactar LNSCB

As sobras da Fêra de Barrancos 2019

Em 2020, as senhas das bebidas deveriam ser como o passe social "Navegante". Ser usadas em todos os bares e cafés de Barrancos, incluindo o Bufete! Desta forma, não sobravam tantas!
Ou então, serem substituídas pelas tradicionais pulseiras, "de entrada livre"...
Senhas da sociedade dos Rapazes (sobras)
(Fotos: eB, 12-09-2019)
pulseiras de "bebida livre"...
(daqui)

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Isaltino Morais (Oeiras) quer mandar a Google para Barrancos

Na entrevista ao DN - Dinheiro Vivo, de 14/09/2019, o presidente da câmara municipal de Oeiras, Isaltino Morais, preocupado com a especulação imobiliária e a falta de terrenos urbanizáveis no seu município, recomenda "plantar batatas em Lisboa, e mandar a Google para Barrancos"!
A brincar (?!)... Isaltino deu uma ideia, que Barrancos talvez esteja em condições de aceitar. No Parque Empresarial ainda sobram alguns lotes onde se possa instalar a Google, .. e de caminho trazer gente, uma forma de combater o despovoamento. Não sabemos se a Google está interessada!
Na referida entrevista, Isaltino Morais afirma que, "nos próximos anos, Oeiras vai precisar de 12500 engenheiros". Barrancos não pode ser tão ambicioso. Com 10% desse número, com formação superior diversificada, bastava!

extrato da entrevista citada

Eleições Legislativas 2019 - questões sobre voto em mobilidade (antecipado)

Quem pode votar antecipadamente em mobilidade?
Todos os eleitores recenseados no território nacional podem votar antecipadamente em mobilidade. 
O que é o voto em mobilidade e onde se exerce?
O voto em mobilidade é o voto antecipado em local escolhido pelo eleitor (qualquer capital de distrito no continente ou de cada uma das ilhas das Regiões Autónomas).
Quem vota antecipadamente vota sempre em mobilidade?
Não. Os doentes internados e os presos podem votar antecipadamente no estabelecimento hospitalar ou prisional onde se encontrarem.
Quero votar antecipadamente em mobilidade. O que devo fazer?
Escolha o distrito ou ilha em que quer votar, e inscreva-se comunicando-o à administração eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e ainda:
- Nome completo;
- Data de nascimento;
- Número de identificação civil;
- Morada;
- Endereço de correio eletrónico ou contacto telefónico
A inscrição vai estar aberta no 2.º domingo anterior à eleição e nos 4 dias seguintes (entre o 14.º e o 10.º dias anteriores ao da eleição), ou seja entre 22 e 26 de setembro de 2019. - aqui: https://www.votoantecipado.mai.gov.pt/
No domingo anterior à eleição dirija-se à mesa de voto onde escolheu votar (na capital de distrito/ilha da Região Autónoma), leve consigo um documento de identificação, de preferência, o cartão de cidadão ou o bilhete de identidade e indique a freguesia onde está recenseado.
Como é que voto antecipadamente em mobilidade?
Identifique-se perante a mesa mediante apresentação do seu documento de identificação civil e indique a freguesia em que está recenseado.
São-lhe entregues um boletim de voto e um envelope branco.
Assinale a sua escolha no boletim, dobre-o em quatro, meta-o no envelope branco e feche-o.
Este envelope é metido noutro azul onde vão ser escritos o seu nome e número de identificação civil e a freguesia e posto de recenseamento, se houver, em que está inscrito.
Este envelope é fechado e protegido com uma vinheta cujo duplicado lhe vai ser entregue e serve de recibo.
Inscrevi-me mas não consegui votar antecipadamente em mobilidade. Ainda posso votar?
Sim. Pode votar, no dia da eleição, na assembleia ou secção de voto onde se encontra recenseado.

Tempo e temperatura em Barrancos

Manhã parcialmente nublado, 19ºC à hora do relógio, vento ESE 4 km/h, 72% de humidade, e 1016 hpa de pressão atmosférica.
Torre do Relógio, Barrancos
(Foto: eB, 17-09-2019)

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Programa CASA JOVEM Barrancos (9ª edição) - candidaturas abertas de 17 a 26 setembro

Fonte: CMB


Festas de Barrancos - faltam divertimentos para as crianças

A roulote dos Hermanos Gallardos (Turrom Castuera), de turrão e guloseimas, situada há anos na rua das Forças Armadas, frente às fachadas das casas Cláudios/Manecas, é uma das únicas que costuma "frequentar" as Festas de Barrancos. A outra, de marroquinaria e brinquedos, fica sempre junto ao jardim do Miradouro. A carrinha das farturas, uma na praça e outra à entrada do baile, bem como as sandes de pechuga de pollo, também fazem parte da fêra.
Nas Festas de Barrancos falta, há muitos anos, outro tipo de "barracas", em especial a de divertimentos para as crianças, como por exemplo os carrosséis, para não falar de "carrinhos de choque", que vieram nos "anos quentes da fêra" (1998-2001)!
Em Encinasola, aqui tão perto, na feria e fiesta do passado fim-de-semana, eram estes equipamentos as principais atrações que faziam a delicia dos mais novos. O toro mecânico, os saltitões, os saltos na rede (bungee), entre outros, são sucesso anual, tendo levado até Encinasola, para "experiênciar", muitas crianças e jovens (e alguns adultos) de Barrancos.
Roulote do Turron Castuera/Hermanos Gallardo
(Foto: eB, 02-09-2019)
barraca de marroquinaria, na estrada, junto ao Miradouro
(Foto: eB, 29-08-2019)

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Freguesia de Barrancos - recruta auxiliar de serviços gerais (m/f)

(mais informação ver aqui e aqui)

Barrancos "reclama" uma roulote das tapas & cafés

Enquanto os bares e cafés de Barrancos estiverem encerrados temporariamente (que também têm direito a férias), a Vila de Barrancos deveria ser percorrida por uma roulote ambulante de "tapas & cafés".
Como pontos de localização das roulotes, talvez a praça grande, chamada da Liberdade, nestes dias "abandonada"; uma outra em Montes Claros, espaço remodelado urbanisticamente, "sem vida" há quase uma década, desde o fecho do café do Abel (Fatecha). Outros locais haverá, mas deixo ao critério dos clientes a escolha!
roulote das tapas, cafés e afins na praça grande de Barrancos
(fotomontagem, eB, 12-09-2019)

Rotas BTT em noite de Lua Cheia - 4º e último passeio de 2019 é já amanhã, 14 de setembro


Começam hoje as aulas em Barrancos

É a primeira vez que, em Barrancos, o primeiro ciclo do ensino básico (1º, 2º, 3º e 4º anos de escolaridade), terá apenas duas turmas -  uma com alunos do 1º e do 4º anos; e a outra com os alunos do 2º e 3º anos.
Uma evidência da regressão populacional (hemorragia), que tanto nos preocupa, mas que não temos conseguido estancar.
Fonte: AE de Barrancos

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Obras da conduta da água obriga a corte de trânsito entre as Bicas e a Rua do Poço Novo - de 12 a 27 de setembro

Fonte: CMB/facebook

Acidente com bicicletas e trotinetas abrangidas pelo seguro escolar

(Foto: JS, 2018)

Tem uma caderneta do seu banco? A partir de dia 14, não poderá levantar nem transferir dinheiro

É já a partir de 14 de setembro, sábado, que a caderneta bancária deixa de funcionar como meio de pagamento e levantamento. Só servirá para consulta de movimentos e saldos. 
A alternativa passa pela adesão a cartões de débitos, com custos ao fim do primeiro ano ou pela instalação de app (caderneta virtual), através da CaixaDireta. 
O fim das duas funcionalidades, que afetam particularmente os clientes mais idosos e com maiores dificuldades na utilização de novos meios de levantamento e de transferências de dinheiro, é uma imposição de Bruxelas, e é justificada por razões de segurança (Diretiva 2015/2366transposta para o ordenamento jurídico nacional pelo Decreto-lei nº 91/2018, de 12/11)
Na prática, quem pretender manter a caderneta só a poderá usar para consultar movimentos e saldo.
(caderneta CGD)

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Eleições Legislativas 2019 - lista de candidaturas e candidatos pelo Círculo Eleitoral de Beja

Fotos: eB, 10-09-2019

Eleições Legislativas 2019 - candidatos a deputados visitaram Festas de Barrancos

As tradicionais Festas de Barrancos constitui uma ocasião para a visita de políticos nacionais ou regionais. No caso, aproveitando a proximidade das Eleições Legislativas 2019, soube o eB que "passaram" por aqui...
Da Aliança: Pedrito de Portugal (candidato por Santarém), ao centro e
António Lobão Cortez (cabeça de lista por Beja), dt.
(Foto: ALC, facebook)
Da CDU: João Dias, ao centro
(Foto: LBX, facebook)
Do PSD: Henrique F. Ferreira (4º contar da dt) e Mª Inês Guerreiro (1ª dt),
(Foto: PSD Beja)

Do PS: Pedro do Carmo (cabeça de lista), neste caso a "visita" é habitual, por razões familiares
(Foto: Vitor Besugo)

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Agrupamento de Escolas de Barrancos - recrutamento de docentes de Educ. Musical, TIC e Inglês

Adicionar legenda
Avisos de abertura de concurso  - data limite da candidatura 12/09/2019
(Mais informação AE Barrancos

Mesa atelier vence concurso da Casa Mortuária de Barrancos

O projeto, autoria dos MESA atelier que adoptou o mote “Construir com a paisagem” foi o vencedor do Concurso Público de conceção para a elaboração do projeto da Casa Mortuária de Barrancos, promovido pelo Município de Barrancos, com assessoria técnica da Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitetos (OASRS), foram apreciados pelo Júri, composto pelos Arquitectos João Bilo (Câmara Municipal de Barrancos) e Madalena Menezes (indicada pela OASRS) e pelo Arquitecto Paisagista António Francisco Pereira Pacheco (CM. Moura).
O projeto "é resultado de uma apropriada intenção de projeto, que se traduz numa forte adequação da casa mortuária à sua envolvente, traduzida no respeito demonstrado pela arquitetura local e existente e pelo enquadramento paisagístico envolvente".
No concurso, onde foram apresentados 91 trabalhos, o segundo prémio, foi atribuído à proposta da autoria de Lima & Paixão – Gestão e Projectos Lda, de Évora,  “propõe o uso de materiais com bom comportamento face à vida útil do edifício e cuidado com a eficiência energética do mesmo, assumindo-se como elementos valorizadores da intervenção."
O terceiro lugar foi para a proposta coordenada pelo Arquitecto Carlos Nuno Lacerda Lopes, do Porto, evidenciado pela “boa implantação, bem como a solução programática do equipamento conseguida, evidenciando uma boa articulação dos espaços e relações geradas com a envolvente”.
As propostas das duplas Miguel Abecasis/Ana Moniz e João Pignatelli/José Cambão receberam ambas uma menção honrosa.
Segundo a informação disponibilizada pela empresa vencedora, a cerimónia de entrega dos prémios e a inauguração da exposição dos trabalhos vai decorrer no Cineteatro de Barrancos, no dia 14 de setembro, às 15h00. A exposição ficará patente até dia 30 de setembro.
A ordenação ficou desta forma:
1º classificado
Autoria: MESA atelier
Coordenação: Paulo Dias
2º classificado
Autoria: Lima & Paixão – Gestão e Projectos Lda
Coordenação: Jorge Manuel Lopes Paixão
3º classificado
Autoria: CNLL Lda
Coordenação: Carlos Nuno Lacerda Lopes
Menção honrosa
Autoria: João Pignatelli e José Cambão
Coordenação: João Pignatelli
Menção honrosa
Autoria: Miguel Abecasis/ Ana Moniz
Coordenação: Miguel Abecasis
(mais fotos aqui)

Tempo e temperatura em Barrancos

O verão fez uma pausa, ou está a chegar o outono?
À hora do relógio o céu estava nublado, 13ºC de temperatura, vento NO 14 km/h, 90% de humidade relativa e 1018 hpa de pressão atmosférica.
Torre do Relógio, Barrancos
(Foto: eB, 10-09-2019)

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Abertura do ano letivo 2019/2020 em Barrancos

Fonte: AEB

Sobre o incêndio de 30 de agosto (porto Serrano, Barrancos)

O incêndio do dia 30 de agosto, na zona de Porto Sorzano ou Serrano (encosta norte da Serra Colorada), que queimou 74,5 ha, destruiu uma vasta zona de mato e de floresta, incluindo parcelas de terreno agrícola e apiários. Os pequenos produtores de pecuária foram dos mais atingidos, que ficaram sem a pouca pastagem que ainda havia, para além da destruição de alfaias e estruturas de apoio à atividade agrícola e pecuária. O olival foi uma das áreas atingidas, havendo pelo menos um proprietário que perdeu mais de 90% das oliveiras.
O levantamento dos danos e prejuízos causados, bem como a identificação dos proprietários afectados, está a ser realizado pelas autoridades policiais, para eventuais indemnizações.
Nas operações de combate e extinção do incêndio, que começou no dia 30, por volta das 15h43, entrou em fase de resolução às 19h22, continuando em vigilância até às 4h00 do dia 1 de setembro, participaram 16 corporações de bombeiros, e ainda equipas da GNR e de sapadores florestais, nacionais e espanhóis:
- Meios operacionais: 142 operacionais (dois bombeiros foram assistidos no CS de Barrancos);
- Meios terrestres: até 53 viaturas, incluindo quatro espanholas e três particulares;
- Meios aéreos: 10  (aviões e helicópteros), seis dos quais espanhóis.
- Área ardida: 74,5 ha
As causas do incêndio são desconhecidas, estando a ser investigadas pelas autoridades policiais competentes.
zona de olival e de exploração pecuária destruida
Vídeo: Cortesia MDG, 02-09-2019
pormenores da área ardida
(Fotos: eB, 02-09-2019)
vista do terreno e do avião Plan Infoca, Espanha, durante a fase de extinção
(30-08-2019)
estimativa da zona ardida, elaborada pelo eB, com base no Google maps
a seta indica o "pinho alto, na estrada da serra Colorada.
(eB, 02-09-2019)