terça-feira, 4 de maio de 2010

A Igreja Matriz de Barrancos tem "sino" novo

Na Igreja Matriz foi colocado um dispositivo para toque electrónico dos sinos. Esta tarde, o Sr. Agostinho Valério, com o apoio dos técnicos da empresa instaladora, procederam à gravação dos toques, que serão ouvidos a partir de amanhã: toques de finados (dobres) de moradores e não moradores; de missas; de baptizados e casamentos, entre outros.


6 comentários:

Anónimo disse...

Jacinto não percebi, mas o sino também é novo?! Então deve ficar com um son diferente... E sendo novo, o que vai ser feito ao "velho" sino??

jdms disse...

Olá Anónimo/a: Os sinos continuam a ser os mesmos. Não foram removidos! Foi instalado uma espécie de "corneta", que toca de acordo com os toques previamente gravados.
Cpts.
Jacinto Saramago

Anónimo disse...

ahh já percebi é do tipo umas que já tinham sido instaladas ha uns tempos... obrigado pela informação

Anónimo disse...

Jacinto, sabes dizer onde pára o sino da capela do cemitério?!
Diz o povo, que foi retirado pela JFB para obras de requalificação da capela e que nunca mais foi encontrado, contudo parece haver gente que diz saber onde está. Deveria ser feito um esforço pelas entidades competentes na matéria de modo a reaver o sino e ser colocado no seu sitio, pois a capela sem o sino não é a mesma coisa...

jdms disse...

Caro/a Anónimo/a
Não sei onde para o sino, mas vou tentar saber. Brevemente darei notícias.
Cpts.
Jacinto Saramago

romcadur disse...

Também já ouvi romores sobre o sino da Capela do Cemitério.

Não será dificil averiguar onde está e penso até que se o teu blogue for lido por pessoas que sabem onde está tomarão a decisão de o entregar, antes de passar uma vergonha.

Há alguns anos a esta parte, ofereci um sino novo para montar nma Capela do Castelo, penso ter falado com as pessoas certas, mas nada aconteceu.

Este sino énovo nunca esteve noutro sitio mas gostaria que fosse lá colocado.
Estou disposto a voltar a falar, o que farei com outras pessoas e tentar a sua colocação.

Que volte o velho sino para onde ele estava é justo.